A equipe Otomices ganhou mais um colaborador!

Apresentamos a vocês, Ivan! (ノ゚▽゚)ノ

Quem acompanha o Otomices de perto sabe: nosso maior desafio é manter o blog atualizado! Nossa equipe atualmente é composta por duas integrantes, com a colaboração de uma terceira para traduções do japonês para o português. É por isso que nosso amigo Ivan resolveu se juntar ao time de colaboradores! Ele vai nos ajudar vez ou outra com a nossa cobertura de notícias <3

O Ivan é o que chamamos de redator profissional, pois ele é da área de Jornalismo e já escreve para o NintendoBlast e Noisy Pixel. A Nico o conhece a mais tempo que eu, mas todo mundo faz parte do mesmo fã-clube de otakus que curtem games e visual novels, kkkk.

Aqui vai um recadinho do Ivan para vocês:

“Oi, gente. Aqui é o Ivanir, mas podem me chamar de Ivan.

A Nico e a Pixela ficam enchendo minha bola, mas sou só um rapaz comum que escreve análise de jogos ocasionalmente. É um prazer enorme poder contribuir com o Otomices, já que já acompanho o trabalho delas há algum tempo e acho muito importante que exista este espaço BR de discussão de otome games.

Pessoalmente, minha entrada nos otome games foi lá por volta de 2012 mais ou menos. Em 2010/2011, eu já costumava ficar na pura sofrência querendo umas visual novels em inglês que pareciam que nunca viriam, tipo Clock Zero. Minha lista já tinha alguns otome games apesar de eu nem saber o que isso era naquela época, haha.

Em 2012, quando a Aksys lançou Hakuoki, eu já acompanhava bem de perto as notícias de visual novels e jogos japoneses em geral, então eu corri pra pegar no PSP. Infelizmente, eu não gostei muito da experiência, especialmente porque eu sentia que os escritores tinham desperdiçado imensamente a protagonista.

Mesmo assim, quando Sweet Fuse: At Your Side saiu em 2013, eu fiz questão de conferir e finalmente me encantei com o gênero e sigo acompanhando os lançamentos de console em particular. Ainda fico na expectativa por Clock Zero e coisas da Ruby Party como Harukanaru ou Angelique, mas gosto muito de ver que o mercado ocidental cresceu tanto de lá pra cá.

Meu otome game favorito é Psychedelica of the Ashen Hawk e eu tento acompanhar o que tem sido traduzido dentro do possível, apesar de não ter dinheiro direito, haha. Imagino que agora em 2023 teremos uma boa dose de lançamentos e anúncios e espero poder contribuir com as notícias dentro do possível.

Em termos de biases, tenho uma tendência a gostar de rapazes fofinhos, mas a verdade é que eu sempre acabo me apaixonando pelas protagonistas e por personagens secundários sem rota como amigas e amigos muito próximos da personagem. Fora dos otome games, os personagens que mais amo são o N de Pokémon Black/White e Yu Nogi de Digimon CyberSleuth Hacker’s Memory.

Aproveitando que ainda está no início do ano, feliz 2023 e acompanhem o Otomices pois a gente deve cobrir muita coisa legal este ano. Só vem, Jack Jeanne.”

Estamos honradas em receber o trabalho de um profissional no nosso humilde blog sobre otome games! Seja bem-vindo ao Otomices, Ivan! <3

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s